8 de julho de 2010

Gargalhadas!!!


Eitaaaaaaa! Como é bom dar risadas né!? ... parece que esquecemos do tempo e não sentimos as dores que as vezes nos aflige. Quando era criança eu tinha uns ataques de risos na frente das pessoas. Meu pai ficava maluco e dizia : -“Olha “Muleke”! Se você continuar assim, vou levá-lo no psicólogo!”.

Ixi! Eu tinha um medo! pois na época achava que psicólogo era coisa de doido....rsrsrs
Em uma dessas crises de risos, tive uma que foi marcante pra mim ...

Estava num supermercado e percebi que um Sr. de aparentemente 40 anos de idade veio andando em minha direção e me olhando com um semblante que mesclava uma tristeza profunda, com choro e piedade, pelo fato de eu estar numa cadeira de rodas.

Quando esse homem chegou perto de mim, eu já fiquei com muita vontade de rir pois o jeito em que ele me olhava parecia que eu estava em COMA ...E para acabar com tudo , ele exclamou com voz de misericórdia pela minha condição : “ Minha Nossa Senhora, coitado desse menino!!!”.

Ai foi o fim , não agüentei e comecei a dar muita risada... kkkkkkkkkkkkkkk..., e não conseguia me controlar! (estou escrevendo, e não agüento de rir, só de lembrar...kkkkkkkkkkkkkkkkk) ....
Enquanto eu gargalhava ... pra ajudar ele ainda soltou a segunda:

“ Meu Deeeuus! Acho que esse menino é ruim da mente,...além de não andar é doido! Coitaaaaaaaado!...” Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Pois é, o cara pensou que eu era pirado, mas quer saber? Talvez eu realmente seja um pouco louco,pois loucos são pessoas que pensam diferente.

Por viver em uma sociedade em que a maioria das pessoas, pensam que deficientes físicos são coitadinhos ... então sou mesmo “ ruim da mente “ como o Sr. do supermercado disse, pois faço parte da minoria em acreditar que uma pessoa com deficiência tem um potencial como qualquer outra, claro que com necessidades especiais ...

E como um verdadeiro louco, continuarei a gargalhar dos obstáculos da vida, da falta de sensibilidade da sociedade, e do preconceito ... afinal, eu posso transpor tudo isso e ainda tenho fôlego para rir e rir muito dos semblantes de piedade dos “Srs. do supermercado “ que encaro todos os dias em minha vida ... rsrs.

Ah! Dêem uma olhada:...http://www.youtube.com/watch?v=xCnJ0jyebn8.

Abraço

11 comentários:

Lu disse...

rssssrs...eh negão, realmente dos meus amigos do peito...nunca te vi reclamando da vida..afinal sempre me senti "deficiente" perto de vc, pq nunca vi te faltar calor, amor, sorrisos, ao teu lado vejo que há esperança e que um dia correremos por ai num lindo jardim..amo-te Lu (Luana Bertone srrs)

Elisangela da Silva disse...

Quem não consegue parar de rir sou eu aqui com sua história... sem contar tantas outras que compartilhamos... Afinal somos o que somos como comentamos ontem... a nossa aparência é só a "caixa do presente". Te amo!!!

Claudia disse...

Você é a mistura de magia e perfeição, você é a dádiva de Deus
andando pela multidão!!!
Você é a alegria que contagia,
Você é a mais sublime pureza da alma... você canta e encanta todos a sua volta... com seu sorriso... com sua voz rouca... com seu olhar, que faz todos calar... porque você faz todos calar???? Porque apenas com um olhar você consegue transmitir para as pessoas o quanto você é feliz, e que para você não existe limites, não existe barreiras, não existe nada e nem ninguém que o impeça de ser quem você é... de sentir o que você sente... e passar para as pessoas suas experiências, suas conquistas, suas derrotas, e acima de tudo, sua perseverança, e confiança em sí mesmo!!!! E é justamente isso que te faz voar....você não anda como as outras pessoas, você voa meu querido!!!!Voa nos sentimentos, e mergulha na alma das pessoas!!!!É justamente isso que o faz diferente e tão especial.
Cláudia Pereira da Silva

Vitor disse...

Siiiim!!!! Esse cara É um maluco!!! Um maluco maravilhoso que nos dá seu maior ensinamento com seu sorriso e com suas gargalhadas. GRANDE MESTRE SALOMÃO!!!

Leandra Migotto Certeza - escritora, jornalista e consultora disse...

Saulo querido,

Olá! Parabéns pelo blog. Entre em contato comigo porque a equipe da editora Ciranda Cultural quer falar logo com você.

Obrigada. Beijos, Leandra
e-mail: cirinclusao@cirandacultural.com.br

Carpe disse...

Oh Oh Oh My Brother, Oh Oh Oh....fala mestre Salomão Jr rs*** Quanto tempo meu amigo?
Nossa adorei a história, aliás pensar em você é ter um sorriso no rosto, hahahaahaha lembra da banda hahahaahaha falou que tocava até de pé hahhhahahahah.
É meu amigo, infelizmente o preconceito é algo que assola nossa sociedade e ele, não é restrito a sexo, cor, crença, afinal existe preconceito com quem é diferente, até mesmo por não seguir os "padrões" de uma sociedade, formada por pessoas com medo de simplesmente serem felizes como são.

Abraços, parabéns pelo trabalho e o video hahaahahah não tem como não rir rs***
Ed

Deni Braga disse...

É Salo, vc tb é sinônimo de muita risada!!! Começo a lembrar das suas histórias e me pego rindo sozinho, as vezes no meio de um monte de gente que não sabe se existem motivos de se sorrir assim. Realmente, é contagiante, descontração e satisfação de se viver de forma alternativa, diferente, fantástica!!!

Grande abraço!!!!

Deni

Luiz Gustavo disse...

kkkkkkkkkkkkk Estou rindo até agora muleki, ...sr.rs.. imaginando esta cena e lembrando também de tantas outras, como a crise de risos na apresentação do Arte & Carreira... kkkkkkkk~

Grande abração malucão e PARABÉNS pelo blog, cada vez melhor! Gustavo

borboleta na janela disse...

Meu querido..rachei de rir deste texto.
Sabe me lembra um pouco o olhar das pessoas quando descobrem que meu pai possui esquizofrênia..não sabem lidar com o diferente.
E realmente de louco todo mundo tem um pouco..e para terminar tudo que é diferente espanta a sociedade,seja você louco,obeso ou deficiente.
=)
Isabel Muzeka.

Anônimo disse...

Muito bom material.

André e Paula disse...

Adoramos a História....uhauuuu parabéns pelo Blog...ahhh estamos seguindo vc pelo Twitter....Abraçossssss